eLyra é publicada pela rede de investigação internacional LyraCompoetics.

Privilegiando instrumentos teóricos comparatistas e valorizando perspectivas interartísticas, eLyra pretende contribuir para o conhecimento da poesia moderna e contemporânea, promovendo a sua leitura crítica no contexto de problemáticas de âmbito transnacional.

Concebida como um espaço de confronto de ideias, eLyra divulga o trabalho desenvolvido no âmbito da rede LyraCompoetics e acolhe contribuições de outros investigadores interessados em pensar hoje a poesia, a arte e a cultura.

Número Actual

n. 12 (2018): Reescritas Poéticas

 

 

orgs.: Cristiane Rodrigues de Souza
          Fabiane Renata Borsato


DOI: 10.21747/21828954/ely12

Ver Todos os Números

Notícias

eLyra #13 (junho 2019): Hibridismos na Poesia Moderna e Contemporânea

2019-01-29

CHAMADA DE ARTIGOS_ eLyra #13

 

HIBRIDISMOS NA POESIA MODERNA E CONTEMPORÂNEA

Revista eLyra #13 (Junho 2019)

 

Um dos aspectos histórico-literários mais decisivos para a constituição da poesia moderna deriva inequivocamente da progressiva libertação de formas textuais pré-constituídas ou impostas. Neste sentido, a poesia estabeleceu um diálogo prolífico com outras práticas artísticas – tais como as artes visuais, a  performance, o teatro, a narrativa, o cinema, a música, a história em quadrinhos etc. –, passando a incorporar procedimentos mais identificados com outros ofícios e, assim, a habitar uma zona de indiscernibilidade formal.  Com essa perspectiva, propomos  para o número 13 da revista eLyra uma reflexão sobre poesia e hibridismos. Serão aceitos artigos que, orientados num sentido teórico-crítico, ou de análise empírica de obras específicas, permitam ponderar em que medida os hibridismos próprios da modernidade e da contemporanei­dade têm configurações poéticas articuláveis entre si, de modo a sugerir a possibilidade de uma problematização sistemática que possa dar conta não apenas da singularidade de fenómenos particulares, mas tam­bém da transversalidade deste processo de desestabilização das fron­teiras entre as artes, os géneros e as diferentes tipologias discursivas. Serão também aceitas recensões sobre obras poéticas ou teórico-críticas que dialoguem com esses tópicos.

 

Ler mais sobre eLyra #13 (junho 2019): Hibridismos na Poesia Moderna e Contemporânea