"A natureza variável das palavras": A colagem poética na poesia de Carlos de Oliveira

Resumo

O propósito do estudo é discutir a maneira com a qual Carlos de Oliveira emprega o recurso da colagem poética em dois textos: “Retrato do autor por Camilo Pessanha (colagem)”, publicado em Terra de Harmonia (1950), e “Colagem com versos de Desnos, Maiakovski e Rilke”, de Sobre o Lado Esquerdo (1968). A escolha se deve ao fato de que ambos são declaradamente colagens, como informa o título de cada um deles. Na investigação, intenciona-se perceber como o poeta da Gândara tem condições de dialogar com a obra de outros autores, de modo a criar um texto seu. Assim sendo, percebe-se, para mencionar os dizeres do poema “Lavoisier”, também publicado em Sobre o Lado Esquerdo, que cada poema pode, enfim, sonhar outra forma, o que revela um aspecto intertextual da poesia de Carlos de Oliveira.

Como Citar
Pereira, P. (2018). "A natureza variável das palavras": A colagem poética na poesia de Carlos de Oliveira. ELyra: Revista Da Rede Internacional Lyracompoetics, (12), 113-131. Obtido de http://www.elyra.org/index.php/elyra/article/view/267
Secção
Artigos