A authoritas do traduzido e a legitimação do tradutor: ou o dia em que John Donne foi chamado para defender os sonetistas

  • Marcus De Martini
Palavras-chave: Poesia, Tradução Literária, Concretismo, Geração de 45

Resumo

O presente artigo aborda as traduções da obra do poeta inglês John Donne no Brasil, dando atenção especial às de Augusto de Campos (1978 e 1986) e Afonso Félix de Sousa (1985). Objetiva-se então, com base em Even-Zohar (2007) e Lefevere (2007), mostrar como o estudo das traduções é fundamental para a compreensão das forças atuantes em um sistema literário, em uma dada época, especialmente no tocante à poesia.

Como Citar
De Martini, M. (2017). A authoritas do traduzido e a legitimação do tradutor: ou o dia em que John Donne foi chamado para defender os sonetistas. ELyra: Revista Da Rede Internacional Lyracompoetics, (9). Obtido de http://www.elyra.org/index.php/elyra/article/view/181
Secção
Ensaio