Proibido tocar - escrita em Ana Hatherly

  • Ana Catarina Milhazes
Palavras-chave: Ana Hatherly, retórica, escrita, leitura, audição, visão, tacto, texto/ tecido

Resumo

Ana Hatherly começou por pensar a escrita a partir do acto de ler. A leitura deveria procurar sentidos outros, diferentes de um sentido estável e consensual. Contra a uniformização e o anonimato, Hatherly procurou dar corporalidade à escrita. Pensando no texto silenciado, quis apurar o sentido do tacto, procurando recuperar o processo e a acção da escrita. O verso como uma síntese do reverso é o fundamento da retórica da condensação que encontramos na sua obra.

Como Citar
Milhazes, A. C. (2016). Proibido tocar - escrita em Ana Hatherly. ELyra: Revista Da Rede Internacional Lyracompoetics, (8). Obtido de http://www.elyra.org/index.php/elyra/article/view/156